Escolhas

Vida suja, empoeirada….

A solidão que me rodeia….

Bato forte a cabeça em um saco de areia…..

Tudo aquilo que eu tinha não pertence mais a mim….

Locomotiva em disparada esse parece ser meu fim…..

Abro a porta vejo tudo mais não consigo discernir,….

O que é sonho ou pesadelo e o que eu estou fazendo aqui…..

Pensamento corrompido, política, filme ou novela?….

Vivi no luxo, mordomia, status, manequim….

A beira do precipício, algo inútil, sem função…..

Um coração arrependido e eu não mais me lembro dela…..

Me refiro a alegria, felicidade e simpatia…….

Perdi entre os dedos… pelas escolhas que fiz,….

Escolhas do dia a dia…..

Anúncios