Por amor vale a pena

“Então Jacó trabalhou sete anos por Raquel, mas lhe pareceram poucos dias, pelo tanto que a amava.”Gn 29.20

O amor faz isso?
A ponto de trabalhar e esperar?
A grande questão é…. não somente o fato de ter que esperar. Como quem marca um encontro e fica esperando a pessoa amada chegar, e esta por sua vez atrasa e é preciso a esperar. Não há nada a fazer, a não ser esperar… Talvez sentar e esperar.
No caso de Jacó, teve que trabalhar por Raquel. Mas será que ele se importava com isso?
Mãos calejadas, quem sabe uma dor nas costas ou nas pernas, ou a cabeça cansada.
Será que ele ouviu um feedback negativo do seu “gerente” por baixo desempenho? Ou teve dificuldade em trabalhar equipe?
Imagino também que Jacó não estava lá muito preocupado com um plano de carreira. Acredito em um Jacó muito focado em trazer resultado, atingir as metas e realizar um trabalho com excelência, afinal o que estava realmente sendo levado em consideração era Raquel.
Era o amor dele por Ela.
Provavelmente ele não inventava desculpas para não ir trabalhar. Acredito que o banco de horas de Jacó era bem alto, pois não se importava em trabalhar arduamente, o pensamento dele estava em Raquel. Ou quem sabe ele deve ter recebido muitas horas extras. Mas penso que Jacó comemorava cada dia que batia o cartão, e dizia:
“Um dia a menos”. “Pelo meu amor, um dia a menos”
Só o amor faz estas coisas.
Raquel a grande inspiração para Jacó trabalhar todos aqueles anos. O fator gerador de tanta dedicação era o amor. E ainda penso que todo fim de noite, antes de dormir, Jacó entrava em seu quarto, orava agradecendo por aquele dia, e depois ele senta na cama, abria seu notebook e escrevia em azul para Raquel em seu blog.

Anúncios