Sobre casamento e o banquete do Rei

Organizar um casamento da bastante trabalho.

Uma das primeiras coisas que é preciso definir é o jantar.

Os post aqui no blog já não são tão freqüentes e sabe que isso me incomoda um pouco. Mas, nestes próximos meses até novembro creio que um ou no máximo dois posts por semana é o que eu vou conseguir fazer.

E pensando nesta correria toda, olha só que interessante:

“O Reino dos céus é como um rei que preparou um banquete de casamento para seu filho”. (Mt 22.2)

E eu parei para refletir: Se ja é maravilhoso viver este momento, pensar no “jantar” de casamento com a presença da família e amigos para celebrar este momento tão especial. Imagem então o que é estar diante do grande Rei dos reis no banquete dos céus?

O Reino dos céus é então comparado a um trabalho de um rei que prepara um banquete de casamento para o filho.

Quando penso no jantar do casamento, muito além de uma boa comida eu penso em “curtir” aquele momento com quem tanto amo! Minha esposa, familiares e amigos, todos ali, juntos!

Gosto também de refletir sobre o trabalho do rei ao preparar o banquete para o filho. É um trabalho cuidadoso, é um trabalho especial.

Jesus também disse:  “Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar.” (Jo 14.2)

Temos então a garantia de um lugar preparado.

Temos a garantia de um banquete que nos espera.

Temos a garantia da vida eterna.

Apesar destas “garantias” pode parecer contraditório mas ainda assim é difícil imaginar o que tudo isso de fato realmente significa pois:  “Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam” (1 Co 2.9)

Uma coisa é certa: Jesus foi antes para preparar o lugar, e isto incluiu um belo banquete!

Anúncios