Sobre “guardar o material e o que me dá alegria”

Hoje eu estava refletindo sobre o que de fato me alegra. E em um pensamento praticamente nostálgico eu voltei aos tempos de criança e adolescente para resgatar então algumas coisas que me davam prazer.

…E a consequência disso foi tentar projetar o futuro e perguntar para mim mesmo: O que vai me dar prazer amanhã? Quais as coisas e situações que vou me alegrar se eu considerar dez, vinte ou trinta anos para frente?

Quando criança me alegrava com um x-salada e uma coca de garrafinha, ao encontrar uma figurinha que eu não tinha. Ao comprar um novo álbum de figurinhas, ao colecionar mini-craques ou geloucos. Ao conseguir concluir uma conta de matemática. (O que nunca foi fácil pra mim). Ou aquele momento tão aguardado, quando a professora falava: “podem guardar o material”. Era o ÁPICE da aula, a frase mais aguardada. O ato de “guardar o material” significava muito pra mim, significava ir para casa, relaxar, brincar, etc…

20/12/1985 E Se.....

O “guardar o material” de hoje é quando bato o cartão-ponto. Tarefa diária cumprida, mais um dia de trabalho. Eu vou para casa, encontrar minha esposa, estar com pessoas que gosto, me divertir, enfim…

E hoje…  

 O que me da prazer hoje?

edi_2970.jpg

É AGRADAR A DEUS, é saber que Ele está feliz comigo. É terminar bem um dia de trabalho, é estar com minha ESPOSA, tomar um café, jantar com ela e ouvi-la… abraça-la e beija-la… e ai meu amigo haja coração! (É a graça do casamento…uhuuuu!).  Estar com meus pais e meus SOBRINHOS lindos!!!Ler um bom livro, tomar aquela coca-cola gelada, é planejar, jogar video-game, jogar UNO com meu pai, com a Gi e com quem quiser… (aliás, eles fazem uma bela dupla contra mim…). Ouvir pessoas, estar com pessoas, curtir, compartilhar, twittar. Escrever aqui no blog, encontrar itens colecionáveis da COCA-COLA. Fazer um suco. Acompanhar e torcer pelo meu CORITIBA  e assim vai… coisas que me alegram hoje…

E para o futuro?

Meus filhos, minha família,  e todos os itens acima? Talvez, MAS talvez as coisas acima , algumas delas já não façam tanto sentido, não é mesmo? Talvez o Facebook fique ultrapassado, vão surgir coisas novas e o meu modo de ver a vida mude, e ai o “podem guardar o material” seja outra situação, um outro sentimento.

E se eu me lembro das cirurgias que realizei, todas as sessões de fisioterapia, o preconceito e tantas outras coisas, fora os tombos… e penso que hoje não suportaria. Leia-se: EU CRESCI NAS DIFICULDADES.

Cresci e agora não vivo mais o tempo de guardar o material da escola, mas pensar sobre as coisas que me deram prazer, que me dão prazer e que podem me dar prazer fazem bastante sentido…

Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino. (1 Co. 13.11)

aprendi-caminhar.jpg

O prazer de guardar o material é o mesmo, o que mudou foi o material, que de tempos em tempos…muda.

  

Anúncios