Depois não adianta…

leite-derramado

Sou daqueles que faz disputas estranhas.

Por exemplo: Preciso chegar até a esquina antes do que aquele carro que vem ali atrás. Ou chegar na porta do supermercado antes que aquela pessoa (que “também parece”) vir até o supermercado, mas esta vindo do outro lado da rua.

Gosto de me sentir “vencedor nestas competições por mim mesmo inventadas, e quando perco me sinto frustrado. Afinal fui eu quem inventei as regras ! Mas ai a Inês esta morta e não adianta chorar sobre o leite derramado.

Este meu relato sobre minhas competições que invento foi apenas um instrumento para falarmos exatamente sobre o caso da Inês e do leite.

Dizer que agora a Inês é morta , é dizer que agora não adianta mais!

A  história de Inês  ficou  conhecida ao ser imortalizada por Camões em sua obra : Os Lusíadas, uma das mais conhecidas obras literárias da língua portuguesa. Na história de Camões, trata-se de um romance entre o príncipe Pedro e Inês de Castro. O Rei  D. Manoel, manda  matar Inês. Quando D. Pedro é coroado rei, ele manda coroar Inês como rainha. Conta a história que após ser coroado D Pedro da ordens para tirar Inês do túmulo, manda limpar e pede para que coloquem os ossos da Inês no trono! Para  então, descansar em paz! (Louca a história hein!!! )

Já chorar sobre o leite derramado é uma expressão mais simples de se entender. Ora, se derramou já era!

Expressões como essa de certa forma me fazem refletir a respeito do “tempo” da nossa vida. E como ela passa rápido. Palavras que ferem, oportunidades que passam.  Uma chance desperdiçada. E que voltar atrás não é mais possível!

Li em um livro a seguinte frase: “Você pode até conseguir um dólar a mais se trabalhar um minuto a mais. Mas este minuto a mais nunca mais voltará para você.”

O autor ainda enfatiza que prosperidade não é o saldo da conta bancária, mas sim o tempo livre que ele tem além do trabalho! (Interessante, não?)

Pois, quem sabe o que é bom para o homem, nos poucos dias de sua vida vazia, em  que ele passa como uma sombra? Quem poderá lhe contar o que acontecerá debaixo  do sol depois que ele partir? Eclesiastes 6:12

Deus sabe de todas as coisas, porém nós temos nossas escolhas e são estas escolhas que mudam o curso da nossa vida e muitas vezes nos impedem de viver uma vida que agrada a Deus.

Ló, foi por um caminho e acabou se complicando logo ali na frente.

Então Abrão disse a Ló: “Não haja desavença entre mim  e você, ou entre os seus pastores e os meus; afinal somos irmãos!
Aí está a terra inteira diante de você.  Vamos nos separar! Se você for para a esquerda, irei para a direita; se for para  a direita, irei para a esquerda”.
Olhou então Ló e viu todo o vale do  Jordão, todo ele bem irrigado, até Zoar; era como o jardim do Senhor, como a  terra do Egito. Isto se deu antes do Senhor destruir Sodoma e Gomorra.
Ló escolheu todo o vale do Jordão e  partiu em direção ao Leste. Assim os dois se separaram:
Abrão ficou na terra de Canaã, mas Ló  mudou seu acampamento para um lugar próximo a Sodoma, entre as cidades do  vale.
Ora, os homens de Sodoma eram  extremamente perversos e pecadores contra o Senhor.
Disse o Senhor a Abrão, depois que Ló  separou-se dele: “De onde você está, olhe para o Norte, para o Sul, para o Leste  e para o Oeste  Gênesis 13:8-14

E a vida de Ló se torna ainda mais difícil:

Levaram também Ló, sobrinho de Abrão, e os bens que ele possuía, visto que morava em Sodoma. Gênesis 14:12.

Isso sem dar ênfase ao final trágico da sua esposa:

Mas a mulher de Ló olhou para trás e se transformou numa coluna de sal. Gênesis 19:26

Se Ló pudesse voltar no tempo? Talvez escolhesse outro caminho.

Por isso, a importância do Hoje, e o impacto do hoje sobre o amanhã.

E a segunda chance?

Ronaldo por exemplo teve chance de ser campeão do mundo pela seleção brasileira em 20o2. Mas 1998 ficará sempre na lembrança dos brasileiros como um fiasco. Em 1998, a Inês estava morta, em 2002 não.

E as chances que eu e você temos de falar de Jesus?

Aproveite o hoje! E faça sempre o seu melhor! Reflita sobre suas escolhas!

Para finalizar existe um ditado do interior que diz: “depois que a m… “garrou” não adianta”.

É de se pensar… Acho válido para o assunto que estamos tratando.

Anúncios