SOBRE EMPATIA – PARTE 3

politica_da_qualidade_agv(3)

Olá Pessoal,

Chegamos ao nosso último texto sobre empatia. Apenas um remember dos dois últimos:

No primeiro falamos basicamente sobre o significado de empatia.  E no segundo texto abordamos a empatia sob um ponto de vista de um líder , pastor, considerando algumas técnicas utilizadas nos cultos cristãos.

Hoje, nada mais propício começar falando que empatia é  você tentar sentir o calor que estamos passando em plena Curitiba. Isso mesmo estamos com mais de 30 graus.

Eu gostaria de mergulhar no sentido mais aplicado da empatia em relação aos aspectos sociais.

Se colocar no lugar do outro!

Poxa, vivemos no país da Copa, estádios modernos. Vivemos no país da corrupção, dos jogos políticos, dos milhões para poucos e da pobreza de muitos. Da luxúria e da impunidade política. Da pobreza e do descaso a grande massa da população.

Talvez a figura que devesse mais aplicar a empatia em seu dia-a-dia deveria ser o político. Afinal ele é o representante do povo. Deveria se colocar no lugar do povo! Mas a nossa realidade é bem diferente e distante!

Não posso e não tenho o direito de generalizar, mas digamos que se salve um ou outro, o resto é tudo farinha do mesmo saco.

Se o seu representante politico não se coloca em seu lugar. De que forma ele te representa?

Jesus se colocou no seu lugar. Seu pastor deveria se colocar no seu lugar. O político que você elegeu deveria se colocar no seu lugar e te representar. E você bem que poderia se colocar em meu lugar e compartilhar este texto nas suas redes sociais. (Sim , se coloque em meu lugar!)

Um grande abraço, Rafa Uziel!

Anúncios