Empatia

Pode-se definir empatia como: “se colocar no lugar do outro”.

De acordo com o dicionário, empatia é: Aptidão para se identificar com o outro, sentindo o que ele sente, desejando o que ele deseja, aprendendo da maneira como ele aprende etc.  Psicologia:  Identificação de um sujeito com outro; quando alguém, através de suas próprias especulações ou sensações, se coloca no lugar de outra pessoa, tentando entendê-la.

Na área de Recursos Humanos é uma competência super valorizada. É também decisiva em processos seletivos para algumas vagas.

Quanto a inclusão de pessoas com deficiência, também, afinal é importante refletir: E se fosse comigo?

E na Bíblia? O que encontramos a respeito de empatia?

Em um determinado momento da vida de Jó, ele pareceu “de saco cheio” dos conselhos dos amigos e disse:

– Já ouvi muitas palavras como essas. Pobres consoladores são vocês todos!
Esses discursos inúteis nunca acabarão? O que o leva a continuar discutindo?
Bem que eu poderia falar como vocês, se estivessem em meu lugar; eu poderia condená-los com belos discursos, e menear a cabeça contra vocês.
Mas a minha boca procuraria encorajá-los; a consolação dos meus lábios lhes daria alívio.  Jó 16:2-5

Jó aqui fala claramente deste processo de empatia. Já seus amigos, um tanto quanto quanto confusos em seus discursos não perceberam a real necessidade de Jó.

As vezes vale mais estar perto do que falar palavras bonitas. E o que realmente uma pessoa em sofrimento precisa? Encorajamento e alívio!

Cabe a nós, perceber o momento correto de agir e até mesmo de falar. Praticar a empatia é extremamente necessário.

Este vídeo me impactou bastante, vale a pena assistir:

Anúncios